domingo, 3 de setembro de 2017

Programação do III Encontro EJA em Movimento combina discussões políticas e pedagógicas

A programação do III Encontro de Educação de Jovens e Adultos EJA em Movimento foi divulgada oficialmente e traz uma pauta diversificada visando atender às questões que mais intensamente têm permeado o cotidiano dos educadores de EJA em nosso Estado.
Antes de tudo, é importante registrar que a pauta foi construída pelo grupo de educadores que se reúnem mensalmente em torno do Projeto de Extensão EJA em Movimento, da UFRN, composto e alimentado pela preciosa participação de professores das redes públicas de educação básica de Natal, Canguaretama, Goianinha, Ceará Mirim, São Gonçalo do Amarante e Macaíba, além dos colegas do IFRN que estão coordenando iniciativas voltadas a professores de EJA.
As discussões proporcionadas nesses encontros presenciais, juntamente com as participações nos grupos de zap e no Facebook, têm formatado a pauta do processo de autoformação que têm sido gestado entre nós. Assim, a programação de nosso III Encontro é, ao mesmo tempo, uma extensão das discussões do grupo e uma tentativa de encontrar-se com as questões que inquietam os nossos colegas que lidam com a EJA pelas escolas afora.
O título do Encontro "A EJA em tempos desleais", traz a inspiração de uma das mais belas músicas do Legião Urbana - "Metal contra as nuvens", cuja letra traz imagens que nos remete à situação da EJA e da educação pública em nosso país neste momento:

"Não sou escravo de ninguém,
Ninguém, senhor do meu domínio
Sei o que devo defender
E, por valor eu tenho
E temo o que agora se desfaz"
[...]
"Estes são dias desleais"
[...]
"Reconheço meu pesar
Quanto tudo é traição
O que venho encontrar
É a virtude em outras mãos"
[...]
"Minha terra é a terra que é minha
E sempre será
Minha terra tem a lua, tem estrelas
E sempre terá"
[...]
"Não me entrego sem lutar
Tenho, ainda, coração
Não aprendi a me render
Que caia o inimigo então
Tudo passa, tudo passará

E nossa história não estará pelo avesso
Assim, sem final feliz
Teremos coisas bonitas pra contar

E até la, vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos
O mundo começa agora
Apenas começamos."

Em tempos desleais, precisamos montar redes de lealdade entre os educadores da EJA para construir uma outra EJA e uma outra educação pública. E não apenas a ideia primordial do EJA em Movimento, como de nossos encontros é, exatamente, tecermos essas redes, desenhando e trançando cores múltiplas possíveis com linhas de esperança.
Assim, teremos mesas para discutirmos o presente e o futuro da EJA no contexto dos planos nacional, estadual e municipal de educação; as tramas do que sabemos e desconhecemos dos sujeitos educandos da EJA - principais mobilizadores de nosso trabalho educativo; e reflexões sobre os processos formativos que se desenvolvem atualmente para os profissionais que atuam na EJA.
Teremos um momento para que quaisquer colegas que queiram socializar suas experiências didático-pedagógicas ou pesquisas mais recentes sobre a EJA, possam apresentar suas reflexões e discutirmos fraternal e abertamente os caminhos que podemos trilhar para uma reconfiguração da EJA em nossas escolas.
Por fim, teremos uma conferência com a profa. Jane Paiva - conceituada pesquisadora sobre a EJA, da UERJ - sobre os desafios e os caminhos de construção de um currículo próprio para a EJA.
Todo o evento acontecerá no Centro de Educação da UFRN.
Abaixo a programação em mais detalhes:

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo sítio www.sigaa.ufrn.br. Os procedimentos para realiza-las estão aqui neste blog, acessando: https://ejaemmovimento.blogspot.com.br/2017/08/orientacoes-para-inscricao-no-iii.html

Enquanto nosso Encontro não chega, fiquemos com o Legião Urbana:


Alfabetização de jovens e adultos: o necessário primeiro passo...mas olhando para frente.

Por Alessandro Augusto de Azevêdo No último dia 13 de março, ocorreu uma importante reunião no auditório do Instituto Kennedy, onde, além ...